Baía dos tigres e tribos étnicas


Ilha fantasma e as diferentes culturas de Angola

A Baía dos Tigres é uma ilha isolada e desabitada no sul de Angola. Desde 1962 é a maior ilha ao sul do equador no costa oeste Africana.

A antiga ilha de pescadores tem uma longa história. Em 1486 foi descoberta pelo marinheiro portugues Diogo Cão. Desde a década de 1860, em que os primeiros habitantes mudaram-se para lá e estabeleceram a vila de pescadores chamada Tigres.

Em 1962, a conexão terrestre foi interrompida por uma tempestade. Isto levou à interrupção da ligação de água doce, que inaugurou o desaparecimento do assentamento. Após a revolução dos cravos, os últimos colonos deixaram a ilha em 1974.

Desde então, a ilha é uma ilha fantasma e é constantemente levada de volta pela natureza. Isso faz da Baia dos Tigres um lugar fascinante para os visitantes. Não é fácil de se alcançar. Este lugar abandonado uma verdadeira jóia para todos os aventureiros.

O Parque Nacional do Iona é o maior parque nacional de Angola e situa-se na província do Namibe. A paisagem é caracterizada por dunas selvagens, vastas planícies, montanhas ásperas, falésias e a casa da famosa fábrica da planta Welwitchia, onde alguns delas têm mais de 1000 anos. Não apenas a paisagem do parque nacional, mas também os mamíferos como elefantes, leões, rinocerontes negros, leopardos, hienas, íbex, kudu e zebras, são razões de fascinação para os visitantes.

O mais interessante para os visitantes são os grupos étnicos nômades que vivem nesta área. A tribo Himba é provavelmente o grupo étnico mais conhecido nesta região. Os outros grupos são os Ovahimba da Namíbia, o Mucuroca e o povo Mucubal.

Também famosa nesta região são as antigas pinturas rupestres de Tchitundo-hulo. A área é muito rica em cultura e ainda não descoberta por estrangeiros e cidadãos angolanos. Uma verdadeira aventura para todos que querem experimentar uma viagem extraordinária.


1° Dia



Sairemos de Luanda para Moçamedes com o vôo da tarde da operadora nacional Taag.

Após a chegada a Moçamedes, seremos apanhados no aeroporto e faremos o check-in diretamente no hotel/lodge.

No final da tarde visitaremos alguns pontos turísticos em Moçamedes, passearemos um pouco pela cidade de Moçamedes e teremos um jantar mais cedo. Depois voltamos para o hotel.


2° Dia



Porque teremos uma viagem muito longa hoje, temos de acordar muito cedo. Indo para o sul até a Baía dos Tigres, teremos um curto intervalo para um piquenique.

Para chegar à ilha, teremos de atravessar o oceano de barco. Depois de chegar à área da baía, vamos caminhar e conhecer a área.

Nosso jantar será diretamente na Baía dos Tigres - ao redor da fogueira, ouvindo a história deste grande local histórico. Vamos passar a noite na ilha mística.


3° Dia



O café da manhã de hoje acontecerá diretamente na baía com o nascer do sol. Saíremos cedo da ilha para evitar a maré alta da água e indo para o Parque Iona Naional.

Para o almoço faremos um piquenique antes de nos encontrarmos com grupos étnicos no parque. A
ntes de nos sentarmos com o mais velho da tribo (do Kimbo) para ouvir as suas histórias, iremos primeiro conhecer a área depois de uma longa excursão. Para aqueles que já estiverem cansados, as tendas estaram já montadas.


4° Dia



Após o café da manhã no Parque Nacional do Iona, faremos uma breve visita às pinturas rupestres do Tchitundo-hulo, antes de passarmos o resto do dia interagindo com os diferentes grupos étnicos que vivem no parque.

Provavelmente, o grupo étnico mais conhecido nesta área é o povo Himba vindo do grupo nômade dos Ovahimba da Namíbia. Também as pessoas das tribos Mucuroca e Mucubal estão baseadas nesta área.

À noite, nos sentaremos novamente em volta da fogueira e ouviremos as maravilhosas histórias das várias tribos.


5° Dia



Hoje deixaremos a área do Parque Nacional do Iona depois do café da manhã e voltaremos para Moçamedes com algumas paragens pelo caminho.

O grande destaque do dia será o safari nas dunas.

Após a chegada a Moçamedes, faremos o check-in no hotel em Moçamedes e relaxaremos o final do dia.


6° Dia



Vamos começar o dia com um café da manhã antes de irmos para a cidade dos pescadores de Tômbwa.

A partir daqui, descobriremos os desfiladeiros vermelhos e os arco do deserto do Namibe. Uma área fascinante.

Depois voltaremos para o hotel / lodge.


7° Dia



Depois do café da manhã de hoje, passaremos o dia na praia antes de irmos ao aeroporto à tarde para voar de regresso a Luanda.


Incluído no preço


Vôos nacionais
Transporte em carro particular com ar condicionado
Transporte de barco
Taxas de entrada
Todas as atividades descritas
Pernoites e refeições, conforme descrito (consulte a oferta pessoal)
Guia em inglês
Guias locais

Motorista de língua portuguesa
Seguro de viagem

 


Sob disponibilidade, passeios espanhóis ou alemães também podem ser oferecidos.

Não incluído no preço


Despesas pessoais, gorjetas, outros serviços e refeições não mencionadas, atividades opcionais, bebidas alcoólicas

Note


Como esta viagem é bastante aventureira, você deve estar em bom estado de saúde devido ao esforço da viagem. Por favor, note que as noites no deserto e na baía podem ser muito frias e os dias no deserto são muito quentes, por isso leve roupas e equipamentos adequados com você. Permaneceremos em áreas remotas onde nem sempre podemos oferecer assistência médica imediata imediata.

Devido à difícil situação geográfica, nem sempre será possível visitar a Baía dos Tigres. Se esta situação ocorrer durante a sua viagem, oferecemos-lhe um programa alternativo para este dia. A chance de visitar a Baía é mais provável de setembro a abril. Não nos arriscaremos a ir à ilha se não for seguro para nossos clientes e funcionários.

Pure and Authentic Tourism Lda

Vila EcoCampo,

Morro Bento, 

Av. Pedro de Castro Van-Dúnem Loy nº76,

Luanda - Angola

E-mail:         Info@pa-angola-tourism.com

Web:             www.pa-angola-tourism.com

Tel:                (+244) 947 253 684

                         (+244) 949 613 990 (Whatsapp | Viber | WeChat | LINE)


Viator