Covid-19

A nossa política Covid-19


 

Pedimos-lhe que siga sempre as regras da AHA para se proteger a si e ao nosso pessoal. Se se sentir doente, por favor contacte-nos antes do início da digressão. Os respiradouros médicos devem ser sempre usados em espaços fechados e veículos. Se tiver mais perguntas sobre o Covid-19 que não estejam respondidas no texto actual, por favor contacte-nos. Teremos todo o prazer em responder às suas perguntas.

 

Covid-19 Protect


 

Oferecemos aos nossos clientes um Covid-19-Protect autoforçante. As excursões e viagens reservadas connosco (sem reserva de voo) podem ser reservadas de novo gratuitamente até 24 horas antes da chegada/partida:

 

 

1. se tiver um caso Covid-19 oficialmente confirmado

 

 

2. se tiver de ir para uma quarentena oficialmente ordenada

 

 

Neste caso, oferecemos-lhe uma data alternativa até 31.12.2022 sem complicações e sem custos. Em ambos os casos, deve poder provar isto através de documentos oficiais. Se não o fizer, os custos de cancelamento serão incorridos de acordo com os nossos Termos e Condições Gerais.

 

Situação epidemiológica


Os números actuais e detalhados são fornecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Requisitos de entrada


A entrada em Angola para fins turísticos ainda não é permitida. Em casos excepcionais, podem ser concedidos vistos, mas estes são sujeitos a exame individual. Como os regulamentos de entrada mudam frequentemente durante a situação de pandemia, pedimos-lhe gentilmente que verifique com as autoridades oficiais de Angola.

 

É necessário um teste PCR negativo para entrada a partir do estrangeiro. O teste não deve ter mais de 72 horas no momento da entrada. Além disso, o formulário de registo de viagem deve ser preenchido em linha 72 horas antes da entrada e deve poder ser apresentado no momento da entrada. Na prática, as inscrições em linha efectuadas imediatamente antes da partida também foram reconhecidas.

 

As pessoas vacinadas estão isentas de quarentena.

 

É necessário um novo teste rápido COVID-19 directamente no aeroporto, imediatamente após a entrada. O custo é de aproximadamente AOA 11.278,18 (equivalente a aproximadamente 18 euros) e pode ser pago antecipadamente online através do portal de serviços do Ministério da Saúde ou à chegada ao aeroporto em Kwanza com um cartão de crédito angolano (procedimento Multicaixa) ou em USD ou EUR com VISA/Mastercard. O pagamento em dinheiro não é possível. Se o resultado for negativo, as pessoas não vacinadas são sujeitas a uma quarentena doméstica de sete dias. Se o resultado for positivo, a quarentena institucional é obrigatória. Se o resultado for negativo, os estrangeiros com residência permanente e os diplomatas acreditados no país podem ser colocados em quarentena no seu país. Os estrangeiros sem residência permanente no país podem passar a quarentena no alojamento previsto para a estadia, desde que estejam preenchidas as condições para o auto-isolamento (quarto separado, não comer e socializar juntos). Caso contrário, devem entrar em quarentena institucional.

 

É necessário um teste rápido de antigénios negativo para terminar a quarentena, que não pode ser efectuado antes do quinto dia de quarentena. Além disso, é necessária uma autorização escrita das autoridades sanitárias angolanas para pôr fim à quarentena.

 

Os casos assintomáticos podem permanecer em casa para isolamento e não precisam de ir a uma instalação governamental/médica. Todas as pessoas pertencentes ao agregado familiar devem então também permanecer em casa e separar-se fisicamente da pessoa infectada.

Trânsito e viagens em curso


É necessário um teste PCR negativo para a partida de Angola. O teste deve ser realizado no máximo 72 horas antes da partida. Os angolanos devem também ser totalmente vacinados ou poder provar que receberam a sua primeira vacinação. Isto também se aplica a cidadãos duplos.

Ligações de viagem


O tráfego aéreo internacional e doméstico foi parcialmente retomado. A fronteira terrestre com a Namíbia foi aberta, mas todas as outras fronteiras terrestres permanecem fechadas.

Restrições no país


O estado de emergência continua a aplicar-se de uma forma enfraquecida. Para viagens interprovinciais, é necessária uma prova de vacinação ou um teste COVID-19 negativo, que não deve ter mais de 48 horas. Para voos domésticos, deve ser sempre apresentado um resultado negativo do teste, que não deve ter mais de 72 horas. Também é geralmente recomendado ficar em casa e só deixar a casa se for necessário.

 

As actividades desportivas só podem ser praticadas ao ar livre em determinados momentos. Os mercados e restaurantes têm horários de abertura restritos. Os serviços religiosos e outros encontros são limitados. As praias e piscinas públicas estão fechadas até nova ordem.

Regras de higiene


Em áreas públicas, transportes públicos, em mercados ou com vendedores ambulantes, é obrigatório o uso de protecção bucal. Nas reuniões, deve ser mantida uma distância mínima de dois metros.

 

Recomendações


 

Assegurar o cumprimento dos regulamentos da AHA e, adicionalmente, seguir o conselho das autoridades locais. Podem ser impostas coimas por infracções aos regulamentos de higiene.

 

 

Descubra as medidas detalhadas e informações adicionais do governo angolano e das autoridades relevantes.

 

 

Em caso de sintomas de COVID-19 ou contacto com pessoas infectadas, contactar a linha directa 111 da Corona.

 

 

 

 

 

Estado: 04.02.2022

 


Uma garantia para a correção e completude, bem como uma responsabilidade por possíveis danos ocorridos não pode ser assumida.

Nós expressamente salientamos que você deve obter informações confiáveis das autoridades e agências oficiais para suas necessidades de viagem individuais antes da partida.

Pure and Authentic Tourism Lda

Vila EcoCampo,

Morro Bento, 

Av. Pedro de Castro Van-Dúnem Loy nº76,

Luanda - Angola

E-mail:         Info@pa-angola-tourism.com

Web:             www.pa-angola-tourism.com

Tel:                (+244) 922 727 220

                         (+244) 949 613 990 (Whatsapp | Viber | WeChat | LINE)


Viator